segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Centenário de Vinicius de Moraes ganha homenagem em Madri


Faltam poucos dias para acabar o ano, e o novo será de comemoração do centenário do nascimento de uma das figuras mais relevantes da cultura brasileira, Vinicius de Moraes, um divisor de águas para a música popular brasileira.
"Ele conseguiu unir as pessoas e os jovens compositores em meados dos anos 1950 e transformar de forma despretensiosa a música brasileira", destacou o também compositor Jayme Marques, em entrevista à agência EFE.

Marques será um dos participantes das celebrações que promoveram em Madri a Fundação Autor da Sociedade Geral de Autores e Editores (SGAE) e a Embaixada do Brasil - Fundação Cultural Hispanobrasileira, para celebrar as diversas facetas de Vinicius.

"Apadrinhou tudo que veio depois da Bossa Nova", acrescentou Marques, para quem o compositor brasileiro mudou o que era uma música minoritária e elitista, e a expandiu para além das fronteiras do país, para servir de influência a outros gêneros e públicos.
A Sala Berlanga de Madri acolherá durante dois dias, com entrada franca, atividades comemorativas que revisarão a obra de Moraes.

Amanhã será exibido o documentário "Vinicius - O filme", de Miguel Faria Jr., e um debate moderado pelo espanhol Antonio Onetti, presidente da Fundação Autor, do qual participarão Marques, os jornalistas espanhóis Rodolfo Poveda e Carlos Galiléia, além do escritor espanhol Antonio Maura, sócio-correspondente da Academia Brasileira das Letras.

A cerimônia será na quarta-feira, quando a partir das 20h (horário local), Marques homenageará a figura de Vinicius de Moraes interpretando suas canções em uma apresentação acústica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário